Objectivo III – Reforçar a cooperação internacional no âmbito do tratamento

0
  • Cooperação com organizações de outros países
    • Participação de profissionais em actividades do âmbito das redes europeias de intervenientes em toxicodependência ( exemplos : ERIT, ECCAS, ITACA, T3e, EATI);
    • Troca de informação com unidades especializadas europeias no âmbito do programa de substituição.

    largar cada vez mais os recursos para tratamento, através do aumento da sua rede de cuidados e do desenvolvimento das suas atribuições como entidade reguladora e contratualizadora da actividade das organizações privadas que connosco colaboram; melhorar a acessibilidade a todas as modalidades terapêuticas, incluindo a terapêutica de substituição, as Unidades de Desabituação e as Unidades Terapêuticas a preços comportáveis pelas famílias, de modo a garantir aos toxicodependentes que queiram romper com a sua dependência os meios para o fazer.

    Melhorar os níveis de rastreio de doenças infecciosas, o seu encaminhamento para tratamento adequado, a administração simultânea de fármacos para a dependência (ex.metadona) e medicação específica (tuberculostáticos, anti-virais), aumentando a adesão ao tratamento. A articulação com os demais serviços de saúde irá sendo cada vez mais aperfeiçoada.